Dinheiro na mão é vendaval...

Veja aqui uma lista com 10 despesas fixas (ou quase) comuns na classe média que podem facilmente ultrapassar um salário mínimo cada.

Quanta diferença faz a metragem de um apartamento?

Três quartos e uma suíte é uma das configurações mais comuns nos lançamentos imobiliários - comparamos as plantas de 61 até 132m² para esse perfil.

Animes inteligentes: como explicar isso para leigos?

Explicando o esquema de alguns dos melhores animes do momento em um artigo original. Gênios do mal com boas intenções, extermínios em geral, filosofia e muitas discussões ideológicas...

Nulificação, o lado macábro da BodyMod

Um dos primeiros artigos do blog, original: virou referência sobre o tema na internet e foi plagiado por diversos blogs... Saiba mais sobre a macábra prática de subtrair partes do próprio corpo para modificá-lo.

Acredito que a maioria das pessoas que estão lendo este artigo já perderam um ente querido, seja qual for o parentesco ou a consideração, e entendem que o luto é um período difícil que cada um vive de uma maneira diferente e sofrida. O texto que você está lendo agora é uma espécie de ensaio; comecei a digitar 1:00AM e apesar do clima analítico que tentei passar, ele reflete muito das minhas opiniões e experiências pessoais.


Elaborei aqui um pequeno guia de etiqueta cotidiana, extremamente prático e realista. Leia e guarde para vida, se tiver alguma correção, complemento, opinião, história para compartilhar, etc... Comente. E eu irei responder.


Você conhece um amigo, ele te conta que já perdeu um membro importante da família.
Nesta situação hipotética, vamos considerar que a perda ocorreu há pelo menos um ano.
NUNCA, JAMAIS pergunte algo idiota como "Você sente falta dele?", ou "E você já superou?"... Claro que ele sente, claro que está superando e claro que ele não gosta de ter que ficar confirmando o óbvio para todo mundo.

É provável que o seu amigo conte a causa da morte espontaneamente, e eu não recomendo perguntar logo de cara. Se algum dia ele comentar algo, ou surgir uma situação que permita a pergunta, seja compreensivo. Ele dificilmente irá contar todos os detalhes, e mesmo se a resposta for seca, como "Um acidente" ou "Ele ficou doente", entenda. As pessoas tem todo o direito de se resguardar para certos assuntos, ainda mais algo tão pessoal.

Só porque o seu amigo perdeu uma pessoa importante, não significa que essa seja a fonte de todos os "traumas" dele e nem que ele realmente tenha "traumas". Então, nem pense em consolá-lo por qualquer coisa dizendo "Eu sei, é por causa do seu pai." - a não ser que realmente seja, mas aí use o bom senso e veja que existem frases melhores.

Nem todas as pessoas tem lembranças agradáveis dos pais, entenda isso.

Se por algum motivo você não gosta dos seus pais, por favor, não diga coisas como "Ah! Eu queria que meus pais morressem também!" para o seu amigo. É estupidez.

Outras pessoas podem te contar detalhes sobre o falecido, sua morte, suas qualidades e defeitos em vida. Evite falar coisas sem ter certeza, principalmente se você não conheceu a pessoa e em hipótese alguma pense que você sabe algo que seu amigo não sabe. É um grande erro.

Não toque em assuntos como herança, testamento, etc.

Use o bom senso, e seja um bom amigo.

Se aconteceu agora...

Dê todo o apoio que o seu amigo precisa, da maneira que ele precisa e respeite a vontade dele acima de tudo.

Não faça as perguntas idiotas citadas anteriormente, e também evite o... "Oi, tudo bem?" Em uma fase difícil assim, qualquer coisa pode ser gatilho para uma reação inesperada. Mas se você falar sem querer, tudo bem... Não diga "Opa! Eu sei que não está." ¬¬

"Morreu?!? De quê?!?" - Não pergunte para o seu amigo, com certeza alguém virá com mais informações em breve.

Se vocês são próximos, é capaz de você também sofrer pela morte do ente querido do seu amigo. Abrace-o, lembre coisas boas, faça o que o seu coração mandar... Mas não fique chorando na frente dele, nem se lamentando mais do que a família. Isso não vai ajudar, e se você realmente precisar chorar, faça isso discretamente (se possível).

Seja um bom amigo, acima de tudo.


0 pessoas já expressaram suas ideias aqui... Faça-o também. =D

▼ Manifeste-se através deste formulário. ▼


"Posso não concordar com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte vosso direito de dizê-lo." - Voltaire


Novidades Velharias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...