Dinheiro na mão é vendaval...

Veja aqui uma lista com 10 despesas fixas (ou quase) comuns na classe média que podem facilmente ultrapassar um salário mínimo cada.

Quanta diferença faz a metragem de um apartamento?

Três quartos e uma suíte é uma das configurações mais comuns nos lançamentos imobiliários - comparamos as plantas de 61 até 132m² para esse perfil.

Animes inteligentes: como explicar isso para leigos?

Explicando o esquema de alguns dos melhores animes do momento em um artigo original. Gênios do mal com boas intenções, extermínios em geral, filosofia e muitas discussões ideológicas...

Nulificação, o lado macábro da BodyMod

Um dos primeiros artigos do blog, original: virou referência sobre o tema na internet e foi plagiado por diversos blogs... Saiba mais sobre a macábra prática de subtrair partes do próprio corpo para modificá-lo.

"Café-com-Leite" é aquela criança menor que as vezes brinca com o irmão mais velho, e seus respectivos amigos mais velhos, e nunca perde a brincadeira.
- Peguei! - Diz um menino fortão.
- Buaaa! Não é justo! - Esse é o café-com-leite, a criança pequena e bonitinha, que as vezes é meio birrenta.
- Tudo bem, Pedrinho. Vai se esconder que eu corro atrás do seu irmão!
- Eba! - É quase como imunidade parlamentar.
Até uns quatro anos de idade é legal ser "café-com-leite", é um mimo que as crianças recebem para ir aprendendo a brincar sério, com as regras de verdade sendo aplicadas. Quando vai ficando maior, e mais madura, a criança livra-se automaticamente do rótulo de "café-com-leite", sente-se inclusive ofendida quando este lhe é atribuído. Ninguém gosta de ser "café-com-leite" para sempre, ou será que gosta?
Imagine se os amigos deixariam um garoto saudável e da mesma idade ser "café-com-leite" na brincadeira... É claro que não!
Agora eu me pergunto... Quem vai levar a sério alguém que luta pelo direito de ser "café-com-leite"?
Cotistas: igualdade não é isso.


Apenas um indivíduo expôs suas teorias... Você concorda com ele?

Anônimo disse...

Eu discordo, o Estado tem uma dívida social com os negros. Negros passaram nos escravizados, sendo subjulgados apelas pelo tom da pele, sofreram sem ter direito a nada. Então quando são livres, o Estado não tomou nenhuma providência de integração, os imigrantes eram muito mais favoraveis pra trabalhar e o preconceito ainda existira.
E ele existe até hoje, o mínimo, MÍNIMO, que o Estado pdoe fazer para minimizar sua dívida com o povo negro é dar o sistema de cotas. Mas nunca vão ser pagos todos esses anos que os negros sofreram, e o preconceito com os mesmos dificilmente vai ser apagado da história.
Nós brancos raramente iremos sofrer com isso, e sempre tivemos direito nas coisas. E as mulheres não estão muito longe dos negros, também sofreram para conseguir seus direitos mas já superaram grande parte de suas dificuldades.

▼ Manifeste-se através deste formulário. ▼


"Posso não concordar com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte vosso direito de dizê-lo." - Voltaire


Novidades Velharias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...