Dinheiro na mão é vendaval...

Veja aqui uma lista com 10 despesas fixas (ou quase) comuns na classe média que podem facilmente ultrapassar um salário mínimo cada.

Quanta diferença faz a metragem de um apartamento?

Três quartos e uma suíte é uma das configurações mais comuns nos lançamentos imobiliários - comparamos as plantas de 61 até 132m² para esse perfil.

Animes inteligentes: como explicar isso para leigos?

Explicando o esquema de alguns dos melhores animes do momento em um artigo original. Gênios do mal com boas intenções, extermínios em geral, filosofia e muitas discussões ideológicas...

Nulificação, o lado macábro da BodyMod

Um dos primeiros artigos do blog, original: virou referência sobre o tema na internet e foi plagiado por diversos blogs... Saiba mais sobre a macábra prática de subtrair partes do próprio corpo para modificá-lo.

Na mitologia grega, Afrodite, a deusa do amor e da beleza, e Hermes, o mensageiro dos deuses, tiveram um romance que resultou em um filho: Hermafrodito. Parece familiar o nome? Pois bem, vamos saber aqui a história dele.

De acordo com as "regras básicas" do Olimpo, Hermafrodito era um deus, pois ambos os seus pais eram deuses - e não um semideus, como Hércules ou Percy Jackson. Como a maioria dos deuses, ele nasceu bebê e cresceu até a idade adulta, onde sua imortalidade nata o impediria de envelhecer. Por ser filho de Afrodite, o mito conta que Hermafrodito era um rapaz muito bonito e que atraía a atenção de todo tipo de mulher, fosse mortal, ninfa, deusa...


Até aí tudo bem, o cara levava uma vida boa de deus grego e podia fazer praticamente o que quisesse...
Porém, um belo dia, uma ninfa chamada Salmacis se apaixonou por ele.


Salmacis era uma naíade, um tipo de ninfa aquática. A maioria das naíades é bem recatada, adepta dos modos virginais pregados pela deusa Artêmis.

Lá morava uma Ninfa, não para caçar ou para dar flechadas
incapaz de corridas a pé. Ela era a única náiade que não seguia o bando de Diana
suas irmãs com frequência advertiam-lhe: "Capture um javali, ou
agite uma aljava, e troque seu lazer pela caça!"
Mas ela não apanhou um javali, ou atirou setas,
nem trocou o lazer pela caça.
Invés disso banhava seu belo corpo e penteava o cabelo, com sua
água como espelho.

Ovídio, Metamorfoses. Livro IV, 306-312.


Ao ver Hermafrodito, Salmacis sentiu-se freneticamente atraída por sua beleza e logo foi tentar consumar essa atração. Os personagens da mitologia grega podiam ser bem devassos, mas Hermafrodito não cedeu.


O resto da história nem todo mundo sabe, mas pelo nome do protagonista já dá até para imaginar...

Tomada de luxúria ante a beleza do jovem, ela tentou seduzi-lo - mas foi rejeitada. Quando pensou que ela havia ido embora, Hermafrodito despiu-se e entrou nas águas vazias do lago. Salmacis então saiu de trás duma árvore e mergulhou, enlaçando o moço e beijando-o violentamente, tocando em seu peito.


Enquanto ele lutava por desvencilhar-se, ela invocou aos deuses para nunca mais separá-los. Seu desejo foi concedido, e seus corpos se misturaram numa forma intersexual. Hermafrodito, aflito e envergonhado, fez então seu próprio voto, amaldiçoando o lago de forma que todo aquele que ali se banhasse seria igualmente transmutado, como ele próprio.


Complicado, né?

Após esse dia fatídico, a vida mansa que Hermafrodito levava como deus grego foi praticamente arruinada e ele acabou sendo pouco lembrado no conhecimento geral que a maioria das pessoas tem sobre mitologia.


Mas vamos relembrá-lo, pois afinal, o nome dele batiza uma das mais peculiares anomalias existentes: o hermafroditismo. O último caso de hermafroditismo que apareceu na mídia foi o da atleta sulafricana Caster Semenya.


Pois é. Eis aqui a verdadeira história do Hermafrodito.


0 pessoas já expressaram suas ideias aqui... Faça-o também. =D

▼ Manifeste-se através deste formulário. ▼


"Posso não concordar com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte vosso direito de dizê-lo." - Voltaire


Novidades Velharias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...